Sexta-feira, 11 de Maio de 2007

Entre o passado e o paraíso - Um dia no Geres

Visita de estudo integrada na rubrica Protecção e Conservação da Natureza este dia passado no Geres foi uma caminhada entre verdes de vários tons, vertentes omnipresentes e o murmurejar embalador dos inúmeros cursos de água....
Tendo começado por uma visita ao Museu Etnográfico de Vilarinho das Furnas   (foto da direita) onde se pôde fazer um enquadramento  do parque quer em termos etnográficos, quer geológicos assim como biológicos prosseguiu com uma caminhada que teve tanto de extensa como de transcendente.
Numerosas foram as imagens que nos tocaram,
mas não resisto a partilhar esta aqui. Penso que é por resumir o espírito que aqui se desfruta - Magia, Nostalgia e Vida.

A propósito do comentário do Miguel Saraiva, ao post Visita de Estudo ao Parque Nacional da Peneda-Gerês,
  de facto  vimos  duas "viborazinhas".  Mas infelizmente mortas, vítimas de atropelamento. E este facto levanta uma questão...Como conciliar a acessibilidade ao Parque e a protecção da fauna e da flora local?

Publicado por Domingos Oliveira, fotos do próprio

Ainda sobre esta visita a Adriana e o Tiago  produziram o seguinte relato:

"No passado dia 11 de Maio de 2007, a turma 8ºC, juntamente com a turma 8ºH, foi fazer uma visita ao Museu Etnográfico Vilarinho das Furnas e ao Parque Nacional Peneda Gerês.

No museu etnográfico, vimos muitas coisas interessantes, tais como a informação de que a serra do Gerês é fundamentalmente constituída por rochas graníticas, também

ficámos a saber que os granitos do Gerês têm a sua origem na cristalização dos magmas no interior da terra, e que o granito se formava quando o magma começava a arrefecer no centro da terra.

Seguidamente, passámos para uma sala intitulada “A história da Terra II”, onde vimos diferentes tipos de granito, tais como:

    » granito granular;

    » granito porfiróide

       biotítico;                

    » granito granular róseo;

    » granito porfiróide róseo;

    » granito pegmatítico róseo;

    » granito pegmático róseo;

    »etc…

 

  Depois, ainda vimos mais quatro salas, onde uma delas retratava a flora (ex.: genciana;orvalina;lameirinha;urze dos brejos;teixo;azevinho salgueiro negro;vidoeiro;feto real;sabugueiros, etc…) e a fauna (guarda rios, etc…) da serra do Gerês, outra, a caracterização da região (a região caracteriza- se por explorações agrícolas familiares, onde se pratica uma agricultura extensiva), e, finalmente, as duas últimas salas, que na minha opinião foram as mais interessantes, pois retratavam a história e sobrevivência da aldeia (agora abandonada) Vilarinho das Furnas, submersa na barragem, também com o mesmo nome. Nessas salas, vimos vários exemplos da vida quotidiana da “aldeia fantasma”, tal como a organização comunitária, várias peças resgatadas da aldeia, como por exemplo, duas charruas, dois cornos de boi, com a finalidade de chamamento para reuniões e também um búzio gigante, com o mesmo fim. Na seguinte e última sala, também vimos certos artefactos como uma cama, roupas, um tear, e uma óptima reprodução duma cozinha típica da aldeia.

Depois de um lanche rápido á beira da camioneta, e um pouco de descontracção num “descampado” ali perto, fizemos-nos á estrada, a caminho do lugar do almoço. Durante a viagem, avistamos a famosa barragem da aldeia submersa, mas não conseguimos ver a aldeia, uma pena.

Depois da chegada ao local, andamos um bom bocado, parando depois para uma merecida pausa para o tão esperado almoço, seguido de uma caminhada de 20 km, admirando as belas paisagens que a serra nos fornecia, chegando depois á camioneta para a tão esperada volta a casa, depois de um dia a conectar com a natureza"

publicado por Oitavo-C às 22:28
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Maio de 2007

Visita de Estudo ao Parque Nacional da Peneda-Gerês

Dotado de  paisagens de beleza impressionante o Parque Nacional da Peneda-Gerês é uma das maiores atracções naturais de Portugal. Verdadeiro santuário da vida selvagem, constitui actualmente uma referência em termos de protecção da biodiversidade assim como do património geológico. Merecem ainda destaque as tradicionais aldeias minhotas. É o caso da aldeia do Soajo, famosa pela sua colecção de espigueiros (na foto), marca do espírito comunitário que ainda caracteriza muitas das povoações locais.


Criado em 1971, foi o primeiro Parque Nacional e abrange uma área de 72.000 hectares. O ponto mais elevado nos carris é de 1508m. A floresta é dominada pelos carvalhos, assim como o azevinho, azereiro, vidoeiro, pinheiro e medrunheiro. O Clima é húmido, é a zona mais pluviosa do nosso territorio continental.


Objecto de estudo e local de lazer muito procurado é possível encontrar informação diversificada navegando pela Internet.

O portal do Instituto de Conservação da Natureza para além de descrever exaustivamente este parque faz todo o enquadramento legal que no nosso país regulamenta a criação e manutenção das áreas protegidas.

Apresentando-se como “o site não oficial do mais belo parque português” é nas palavras dos autores o “sítio ideal para ficar a saber tudo o que precisa de saber”. É constituído por várias subpáginas que abordam a Ecologia, a Vida dos Habitantes, as Localidades, a Gastronomia, o Artesanato, Percursos, Alojamento e Glossário.

Percursos no PNPG é constituído por uma sugestão de vários percursos que vão ao interesse de todo o tipo de viajante.

Panorâmicas do PNPG permite obter panorâmicas de diversos pontos de interesse.

Se pretender aprofundar os seus conhecimentos consulte  Estudo e Caracterização do Parque Nacional Peneda-Gerês.

Muitos outros sítios fornecem informação sobre o PNPG. Se encontrar informação relevante que entenda útil ser aqui referida, não hesite em contactar-nos.

Envie-nos também as suas fotos ou vídeos para aqui as divulgar-mos. Para o efeito use o nosso email:  oitavoc@sapo.pt

 

Publicado por Domingos Oliveira




publicado por Oitavo-C às 00:46
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.separador

http://www.misreflexiones.net/cn/separador.jpg

.Diz de tua justiça

.pesquisar

 

.Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

.Chat


.arquivos

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Maio 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.posts recentes

. Entre o passado e o paraí...

. Visita de Estudo ao Parqu...

.links

.Visitantes

online

.Total

.Experimente esta nova funcionalidade

.Adopta-me

Procura por mim

.tags

. todas as tags

.Diz de tua justiça

.subscrever feeds